multiple hands around man

Entender a posição da Igreja ao respeito da atração por pessoas do mesmo sexo

Em um mundo de vozes conflitantes, é importante para nós compreendermos e sermos capazes de articular bem os ensinamentos da Igreja sobre a homossexualidade.

Recentemente, tem surgido perspectivas diferentes entre alguns membros da Igreja sobre decisões judiciais relativas a casamentos do mesmo sexo e se deveriam ser aceitas. Grupos como Mormons Building Bridges (Mórmons Construindo Pontes) estão pedindo ativamente para a aceitação das pessoas com tendências homossexuais. A Igreja tem proporcionado um artigo na seção Tópicos do Evangelho em www.lds.org.br para nos ajudar a entender a atração pelo mesmo sexo. O artigo começa com uma expressão da sensibilidade do assunto: “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias reconhece que a atração pelo mesmo sexo é uma questão sensível que requer bondade, compaixão e compreensão.”

Em seguida, o artigo afirma claramente a doutrina. “A atividade sexual deve ocorrer somente entre um homem e uma mulher que são casados. . . . A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias afirma a centralidade das doutrinas relativas à sexualidade humana e de gênero, bem como a santidade e a importância do casamento como a união de um homem e uma mulher “.

Citando uma declaração da Primeira Presidência, o artigo explica que ter inclinações homossexuais não é pecado. No entanto, agir de acordo com esses sentimentos é pecaminoso, porque o comportamento está em conflito com o “princípio doutrinário, com base na Sagrada Escritura. . . . que o casamento entre um homem e uma mulher é essencial ao plano do Criador para o destino eterno de Seus filhos. ”

Contudo, a liderança da igreja é igualmente clara sobre o tratamento de compaixão pelas pessoas com atração pelo mesmo sexo: os ensinamentos da Igreja “nunca devem ser usados para justificar a crueldade. Jesus Cristo, a quem seguimos, foi claro na sua condenação de imoralidade sexual, mas nunca cruel. Seu interesse era sempre para fortalecer o indivíduo, jamais era para destruí-lo.”

Os líderes da Igreja sublinham a necessidade de bondade e amor, lembrando-nos de que todos nós somos filhos de Deus. Embora tenhamos nossas diferenças, devemos exercitar o amor, respeito e livre-arbítrio sobre a qual a Igreja é fundada e aceitar todas as pessoas como nossos irmãos.

O artigo cita uma declaração do Presidente Boyd K. Packer para as pessoas atraídas pelo mesmo sexo: “Não rejeitá-lo-emos. . . . Não podemos rejeitá-lo. . . . Não rejeitá-lo-emos, porque nós te amamos.”

Leia o artigo inteiro “Atração por Pessoas do Mesmo Sexo.”

Fonte: Tópicos do Evangelho
—Breanna Simmons, Reflexões Mórmons

Traduzido por Jared Aranda

Foto cortesia de Elvert Barnes

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *